Sugestões Baratas Pra Reformar E Decorar A Residência N

21 May 2019 01:23
Tags

Back to list of posts

<h1>Sugest&otilde;es Baratas Para Reformar E Decorar A Casa Nova Guia Noiva Online</h1>

<p>“Sentia inexist&ecirc;ncia de acabamentos transados e de mais espa&ccedil;o para guardar tudo”, lembra a dona deste apartamento em S&atilde;o Paulo. Ela s&oacute; n&atilde;o imaginava que a reforma de tua cozinha de 15 m2, feita na arquiteta Rita M&uuml;ller de Almeida, renderia at&eacute; uma minicopa. “&Eacute; bom aprontar a comida conversando com os amigos”, fala Dicas De Constru&ccedil;&atilde;o, Decora&ccedil;&atilde;o E Reforma , que se encantou com a laca dos arm&aacute;rios planejados em cores cappuccino e branco. “O projeto se adaptou ao m&aacute;ximo aos padr&otilde;es dos m&oacute;dulos oferecidos, contudo a toda a hora se perdem alguns cent&iacute;metros”, explica a arquiteta.</p>

<p>Novas alternativas para fazer a &aacute;rea render: Agrupar os eletrodom&eacute;sticos num &uacute;nico recinto (parede t&eacute;cnica) n&atilde;o foi s&oacute; quest&atilde;o de est&eacute;tica. “Isso traz praticidade pela hora de usar geladeiras e fornos”, orienta a arquiteta. Com showrooms completos, as marcas de planejados s&atilde;o uma op&ccedil;&atilde;o pr&aacute;tica para eleger os arm&aacute;rios. 3D. “&Eacute; essencial saber o que voc&ecirc; quer de tua cozinha.</p>

<p>Mais do que Decore Utilizando Como Refer&ecirc;ncia Os Anos 70 , ela necessita de ser funcional”, alerta Rog&eacute;rio Francio, vice-presidente da Agrega&ccedil;&atilde;o dos Moveleiros do Rio Vasto do Sul (Movergs). “Fechada a compra, visita-se o im&oacute;vel para confrmar as medidas”, diz sabrina Seignemartin, gerente de marketing da Elgin, de S&atilde;o Paulo. O lojista se responsabiliza pela montagem, e o tampo da bancada poder&aacute; ser comprado junto do m&oacute;vel. Deste modo, cuidado na possibilidade da marca. “Pegue fontes, cheque se h&aacute; considera&ccedil;&otilde;es em redes sociais e visualize nosso cadastro de reclama&ccedil;&otilde;es no site”, sugere F&aacute;tima Lemos, assessora t&eacute;cnica do Procon-sp.</p>

<p>Curtida com as visitas e usada profssionalmente na dona desse apartamento em S&atilde;o Paulo, a cozinha cresceu de doze pra vinte e um m2. “A circula&ccedil;&atilde;o era m&iacute;nima e faltava arm&aacute;rio”, fala a jornalista e produtora de culin&aacute;ria Fabiana Badra Eid, esposa do agente fotogr&aacute;fco Paulo de Camargo. Primeiro, o escrit&oacute;rio Terra e Tuma Arquitetos Associados excluiu a despensa e ocupou parcela do quarto de empregada. “Conquistamos a claridade vinda da janela deste c&ocirc;modo”, diz o arquiteto Pedro Tuma.</p>

<p>“Ela permite o acesso por todos os lados e tem espa&ccedil;o de sobra para apoiar as comidas e servir os amigos”, conta Fabiana. Sugest&otilde;es, Tutoriais, Decora&ccedil;&atilde;o, Reforma, Constru&ccedil;&atilde;o , feitos por marcenaria, brincam com cor e nichos vers&aacute;teis - as portas de correr os deixam abertos ou fechados, conforme o adoro dos propriet&aacute;rios. N&atilde;o basta contratar corpora&ccedil;&otilde;es indicadas por amigos. “Ter, a todo o momento que poss&iacute;vel, o apoio de um arquiteto assist&ecirc;ncia na interlocu&ccedil;&atilde;o com o marceneiro”, recomenda Pedro Tuma. “Esse profissional conseguir&aacute; ver de perto todas as etapas do modo, da compra das madeiras &agrave; entrega do mobili&aacute;rio”, completa. Bem como &eacute; imprescind&iacute;vel o contrato contendo o escopo do projeto, equipamentos, dimens&otilde;es, acabamentos, prazos de entrega e montagem.</p>

<p>Na entrega, vale fazer a vistoria da abertura de portas e gavetas na companhia do marceneiro. “Verifque como ser&aacute; o servi&ccedil;o de manuten&ccedil;&atilde;o da empresa, em raz&atilde;o de improvavelmente outro fornecedor se deslocar&aacute; pra parelhar uma dobradi&ccedil;a ou consertar uma gaveta”, alerta Pedro. Apertados, alguns ambientes deste d&uacute;plex paulistano n&atilde;o atendiam ao h&aacute;bitos de vida dos atuais donos.</p>

<ul>

<li>Um e &frac34; de x&iacute;cara de ch&aacute; de a&ccedil;&uacute;car</li>

<li>Balan&ccedil;o pela varanda</li>

<li>Amo de olhar televis&atilde;o no meu quarto? Ou prefiro trabalhar no pc</li>

<li>Adquirir materiais e m&oacute;veis apropriados pro sal&atilde;o</li>

decoracao-para-casamento-decoracao-casamento.jpg

<li>4/03/2011 &agrave;s 16:Quarenta e cinco</li>

</ul>

<p>&Eacute; o caso da copa, que perdeu duas paredes e virou esse espa&ccedil;o gourmet de 15 m2 ligado &agrave;s salas. “O casal vive fora do na&ccedil;&atilde;o. Quando est&aacute; aqui, aparecia cozinhar pros amigos”, diz a arquiteta Ren&eacute;e Sbrana. Sob as janelas, ela alocou uma bancada de 3,50 m, onde fcam a cafeteira e outros itens. Aproveitou a &aacute;rea livre entre as esquadrias para alocar o arm&aacute;rio com forno. “Ele est&aacute; a 1,vinte m de altura.</p>

<p>Desse modo, quem retira os assados n&atilde;o tem que se abaixar”, fala Ren&eacute;e. Outros destaques: O m&aacute;ximo uso do espa&ccedil;o se repete no canto (oitenta x 70 cm) ocupado na geladeira - ali, a prateleira a 1,noventa m de altura exp&otilde;e instrumentos. Moradia Da Farnesina d&atilde;o o tom da reforma, como o limestone das bancadas, as portas de correr de vidro, com trilho embutido no teto, e o piso de madeira de demoli&ccedil;&atilde;o. Cozinha 1. As bancadas s&atilde;o de Silestone (T&uacute;lio M&aacute;rmores e Granitos), utens&iacute;lio resistente e acess&iacute;vel de limpar.</p>

<p>Pela &aacute;rea da pia, o front&atilde;o de vinte e cinco cm arremataa parede e a protege da &aacute;gua. No piso, porcelanato Brava Bianco de noventa x noventa cm (Portobello). Cozinha 1. Os arm&aacute;rios, feitos ante encomenda na Brinna, t&ecirc;m medidas variadas pra guardar lou&ccedil;as e acess&oacute;rios. Ante a bancada, 2 nichos (37 cm de profundidade) organizam os livros. Cozinha 1. Com portas de correr de vidro branco, o m&oacute;vel perto da porta n&atilde;o interfere na circula&ccedil;&atilde;o (est&aacute; a setenta cm da mesa) e serve de cristaleira. “Sua profundidade, 41 cm, &eacute; sublime pros pratos e novas pe&ccedil;as que fcavam esquecidos num m&oacute;vel da sala”, explica a arquiteta.</p>

<p>Cozinha 1. Aberturas pela alvenaria (10 cm de profundidade) atr&aacute;s dos eletrodom&eacute;sticos permitiram embutilos melhor e liberar a circula&ccedil;&atilde;o. Eleger uma geladeira de ventila&ccedil;&atilde;o frontal possibilitou coloc&aacute;-la mais rente aos arm&aacute;rios. Cozinha 1. Na parede lateral, o painel de madeira castelo patinado de cinza (Natufoor) oferece aconchego e repete o tom da sala.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License